uma questão de honestidade

21Aug10

Há viagens que marcam, que alteram a vida, ou os olhos sobre a vida. São momentos que não sabemos explicar, que apenas ‘temos’ que conseguir engolir. Por vezes estamos preparados para receber a bofetada, outras tantas aquilo entra tão a seco que até nos custa a respirar. O Outro Mundo, aquele que não conhecemos e que nos espanta, que nos faz pensar, que nos esmaga, trocida e admira, arrepia, faz rir e chorar, está espalhado por aí. Só nos resta conhecê-lo e não deixar de o querer conhecer. A coisa mais importante é então um dado adquirido; e está na minha, tua, nossa mente como algo de extraordinariamente difícil mas incrivelmente necessário: refere-se à plena honestidade de cada um consigo próprio, numa espécie de assumpção pessoal aparentemente inédita.

Advertisements


No Responses Yet to “uma questão de honestidade”

  1. Leave a Comment

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: