in Pinhel, on cultural equipments

02Nov12

(os elementos do depA) aludiram à necessidade de diferenciar as iniciativas culturais, de as interligar com o meio, de forma a torná-las sustentáveis. Partindo de alguns exemplos concretos, nacionais e estrangeiros, os jovens arquitetos procuraram demonstrar que os “edifícios ícones” associados à cultura, idealizados por arquitetos de renome, podem não ser a solução para potenciar novas dinâmicas culturais. Pelo contrário, nalguns casos, eles transformaram-se em autênticos “elefantes brancos”, o mesmo é dizer em edifícios que oneram em demasia as instituições e as comunidades que os gerem. (+ fotos)

Advertisements


No Responses Yet to “in Pinhel, on cultural equipments”

  1. Leave a Comment

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: